Conheça a cidade onde faz frio no meio do Nordeste

Se você ficou curioso com o título e está lendo esse texto, pode acreditar que é verdade. No meio do Nordeste há um lugar que faz frio, o que é difícil mesmo de acreditar. Mas a temperatura pode chegar aos 10 graus no inverno.

Estamos falando da cidade de Gravatá, que conta com o clima mais frio da região. Chalés aconchegantes, chocolate quente e buchada de bode fazem parte do roteiro e do que você pode fazer para aproveitar.

Localizada a 85 quilômetros de Recife, capital de Pernambuco, a cidade fica a 447 metros de altitude, o que mostra o motivo do clima não ser tão quente em algumas épocas do ano. Gravatá fica no topo de uma serra no Planalto da Borborema e na maior parte do ano a temperatura fica em torno dos 22 graus, temperatura amena.

Mas, de maio a agosto é que o frio acaba chegando com força. O município integra também o Circuito do Frio de Pernambuco, que leva shows de música e dança também para Garanhuns e Triunfo, de julho a agosto.

gravata (1)

Para quem ficou curioso e com vontade de conhecer um pouco mais desse destino diferente, o que pode atrapalhar a visita nessa época de mais frio é a chuva, que chega forte nesses meses. Isso pode atrapalhar especialmente os passeios, que ficam na rua Duarte Coelho, onde estão mais de 60 lojas, pequenas casas onde é vendido artesanato e móveis que são produzidos na cidade.

O que é interessante é que o estilo rústico predomina na arquitetura e nos móveis, que são feitos ao gosto do freguês e desenhados na hora pelos artistas.

:: Na sua cidade nunca nevou? Conheça o Snowland, primeiro parque de neve do Brasil

Falando em arquitetura, a cidade conta com curiosas heranças europeias. Um exemplo é o que os ingleses deixaram por lá no século 19. Uma sequência de 14 túneis de pedra que serviram para a passagem de uma linha férrea que escoava a produção de cana-de-açúcar. O palácio de estilo português, que hoje é sede da prefeitura, é da mesma época.

E a cidade não é turística apenas no inverno. Mesmo antes da chegada da estação centenas de visitantes vão para Gravatá para eventos, como as comemorações da Semana Santa. São cerca de 300 mil pessoas que chegam para ver as encenações da Paixão de Cristo feitas por atores locais.

gravata (2)

E para quem curte uma boa gastronomia, os restaurantes contam com grande variedade. Além da buchada, pratos tradicionais como a galinha de cabidela (frita com toucinho e regada com vinagre) estão entre as opções. Mas fondues e chocolates caseiros também são encontrados na cidade com a chegada do inverno.

:: De Norte a Sul, veja qual destino mais combina com você segundo a culinária brasileira

Gravatá é uma cidade no Nordeste que faz frio. Isso já é motivo suficiente para querer conhecer esse destino que tem essa particularidade. Mas como foi mostrado no texto, há várias opções para quem quer conhecer e passar uns dias lá. Então, não deixe de aproveitar.

Deixe aqui o seu comentário