Itaúnas: vilazinha de charme, calmaria, mas também de festival de forró

praiaHá um vilarejo de ruas de terra, mar com piscinas naturais, rio para refrescar e longas prosas do tipo “acalma coração”. Isso poderia ser a abertura de um livro ou um filme, mas não. Apresento a vocês Itaúnas, um dos vilarejos mais charmosos do país.

Tudo de mais sofisticado que a simplicidade pode oferecer ali tem: pé no chão, roupas levinhas e muito calor no coração. Como se já não bastasse estar em um cenário de filme, ela ainda é conhecida internacionalmente pelas noites regadas a muito forró pé-de-serra.

:: “Carona” com Blablacar pode garantir até 50% de economia em transporte no exterior

Itaúnas é um vilarejo que fica no norte do Espírito Santo, um estado pequeno mas que possui um potencial turístico enorme e pouco explorado. A mágica começa ainda na estrada quando, ao sair da BR 101, nos emaranhamos por 22 quilômetros de chão rodeado de verde. Para quem não conhece pode até se sentir perdido mas se avexe não, viu. Pode ter certeza que você vai chegar.

vila

Festival Nacional de Forró

A vilazinha tranquila desaparece em julho. É que nesse mês acontece o Festival Nacional de Forró e ali todos os forrozeiros do país se encontram, em um lugar sem preconceitos e muito chamego. Ao som de bandas renomadas vive-se sete dias em um ritmo paralelo ao tempo do mundo.

O salão, em uma cadência inigualável, é tomado por coreografias que nunca foram ensaiadas, mas em sintonias perfeitas e se você acha que acaba quando as principais casas de forró encerram, está muito enganado. O forró continua na padaria onde todos vão revezando os instrumentos pra não deixar o forró morrer. Eita, esse povo parece que num dorme, viu!

Se você está a procura de um lugar paradisíaco, culinária típica, amizades que podem ser pra sempre e muito xote, te convido para a 16º edição do Festival Nacional de Forró (FENFIT), que acontecerá do dia 16 a 23 de julho de 2016.

Principais casas de forró

20160314132039

  • Café Brasil: Sob o comando de Fabiano do Carmo, administrador da empresa Sangtur, ele que é responsável pela matinê, calma que já vou te explicar. Ele que esquenta a galera para a noite com bandas ao vivo a partir das 18 horas. Você aqui pode tomar uma cervejinha a mais porque nessa data a entrada é baratinha e sempre tem promoção de bebidas.
  • Bar Forró: Onde acontece o festival, uma das casas de forró mais tradicionais, sob o comando do Paulão, ele que é o responsável de reunir bandas de todo país e fazer a nação forrozeira feliz. O cabra é arretado, viu.
  • Buraco do Tatu: Outra casa tradicional da vila, o dono (o Tatu) tem ousado mesclar forró com reggae para ninguém se queixar. Acredite que as duas casas funcionando ao mesmo tempo ficam lotadas por toda noite.

Um dia em Itaúnas…

rio

Bem, quando eu disse que lá é um ritmo diferente do restante do mundo, não estava brincando. Os forrozeiros só terminam a noite no meio da manhã. No meio da tarde acordam, almoçam e correm para a praia, ali contemplam o pôr do sol colorindo o alagado e as dunas no fim do dia. É um descanso pra alma porque para os pés não “tem não” nesses dias.

O pessoal já vai voltando e parando no Café Brasil e assim, entre uma saidinha pra comer e xaxados, se vai até perto da meia noite. Depois da uma da manhã o forró vai lotando e aí já não se tem mais hora pra nada.

Comida da boa é aqui

moqueca-1-de-4-640x380

Você deve estar se perguntando como esse pessoal aguenta. Olha, eu acho que só o amor ao forró é que pode explicar, mas uma comida com sustância que ajuda, ajuda. Tem restaurante de todos os preços, mas estes aqui são os preferidos e de preços bem acessíveis:

  • Dona Pedrolina: mãezona, vende pratos feitos com gostinho de casa, ela já ganhou o coração e o estômago de todos que ali frequentam.
  • Cizinho: sem dúvida, a melhor moqueca com pirão da vila, mas o prato mais cobiçado, ainda feita na famosa panela de barro capixaba. Tem também o Camarão na Moranga que tem lá seus fãs. É tudo de comer rezando.
  • Crepe Samba Groove: uma ótima opção para quem quer provar comida com cultura, os crepes todos com nomes de sambistas e sempre música de qualidade.

Há muitas opções que oferecem o famoso PF, tem a coxinha do Kaleb (uma das melhores que já comi na vida), o self service Sabor Mineiro, a Tapiocaria Q Delícia… tem de tudo e mais um pouco.

Sobre o FENFIT e hospedagem

fenfit

Ele acontece  na casa de forró que se chama Bar Forró, mas as outras casas não param. A vila, por ser muito pequena, quase não suporta a quantidade de pessoas que recebe, por isso, bom mesmo é se planejar para garantir a entrada no forró e uma boa caminha para dormir.

:: Buenos Aires: 4 dias com R$ 400 é possível! Confira o roteiro completo

Você pode comprar o passaporte completo para todos os dias no site do evento, fechar pousada por outro lugar e aí vai. Como eu gosto de resolver tudo de uma vez só, a melhor opção que encontrei foi fechar o pacote de hospedagem e ingressos com a empresa Sangtur. Além da facilidade de  pagamento, ela te oferece muitas opções de hospedagem, desde camping, pousadas, casas e tudo com uma boa variedade de preços.

Você também não pode deixar de conhecer…

piscinasnaturais

Riacho Doce é o nome do rio que separa dois estados: de um lado, o fim do Espírito Santo com Itaúnas, do outro, o início da Bahia, meu rei. Pela Vila, você pode contratar passeios, ir de carro pelo eucalipto, a pé pela praia ou mesmo alugar um jipe, um cavalo, uma bicicleta… Tá vendo, não tem desculpa para não ir!

Contato Sangtur: whatsapp (27) 99722-2634 ou através da página do facebook.

Para finalizar, assim no escurinho e de olho fechado, um baião com a banda da terrinha que promete ser a aposta de 2016, 3 do Sertão , música de Zé Moreira, artista da terra que ecoa em suas composições influências do congo e cultura popular. Pura riqueza…

Deixe aqui o seu comentário