Parque Nacional Serra da Capivara, no Piauí, é um destino incrível e pouco conhecido

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar desse lugar. Mas deveria! No interior do estado do Piauí, a cerca de 530 quilômetros da capital Teresina, existe um verdadeiro tesouro.

O Parque Nacional da Serra da Capivara guarda mais de 600 sítios arqueológicos, com pinturas rupestres de até 12 mil anos e uma das maiores coleções de arte rupestre do mundo.

Serra da Capivara (google)

Desses 600, 170 estão abertos para visitação. Todos eles são registros da ocupação dos humanos no passado, que segundo estudos de antropólogos e arqueólogos, pode chegar a até 100 mil anos de antiguidade.

:: Guia completo para gastar menos (é possível) em Fernando de Noronha

É muita história em um lugar só e você deve visitar o quanto antes esse verdadeiro tesouro no interior do Brasil. O local foi incluído na lista de Patrimônio Cultural da Humanidade Pela Unesco, o que só demonstra sua importância.

Visitando o Parque Nacional

A visita é uma verdadeira aventura, que já começa na estrada. A base para esse passeio é a cidade de São Raimundo Nonato. E a forma de chegar mais perto é por Petrolina, em Pernambuco.

São pouco mais de 300 quilômetros entre as duas cidades. Bois, bodes, cabritos e bezerros surgem na pista a qualquer momento, exigindo muita atenção no trânsito. Para estar no parque você precisará de um guia, já que não é permitida a presença de visitantes sem um profissional acompanhando.

Mas, é até melhor, já que com um guia você terá uma verdadeira aula sobre a história do local enquanto explora todo seu território de carro, já que as dimensões são enormes.

Serra da Capivara 2 (google)

Depois de andar bastante de carro, você pode começar a ir pelas trilhas, que são bem sinalizadas, para encontrar os paredões de pedras com desenhos do passado. São animais ou cenas da vida pré-histórica ali retratadas e que permanecem até hoje, se tornando algo único para quem visita.

:: 5 lugares para conhecer mesmo que fale apenas a língua portuguesa

Um dos locais mais interessantes de todo o parque é o Boqueirão da Pedra furada. Esse é basicamente o sítio-modelo de escavação arqueológica da região, onde ficam as duas pinturas mais famosas de toda a Serra da Capivara, os dois animais que são símbolo do parque e o “Beijo”.

Entendendo a história da Serra da Capivara

E para se ambientar mais com a história e entender a importância do Parque Nacional, visitar o Museu do Homem Americano é essencial. Lá fica uma exposição permanente que conta a história da presença do homem nas Américas, tudo baseado nas descobertas feitas na região do parque.

Os vestígios mais antigos têm até 100 mil anos de idade e você fará uma verdadeira viagem no tempo.

Caso você queira fugir dos destinos mais procurados e ir para um lugar histórico, visitar a Serra da Capivara no Piauí é uma excelente ideia. Pode ter certeza que será um passeio inesquecível e você poderá entrar em contato mais direto para descobrir um pouco mais do passado das pessoas que por aqui viviam. Com certeza, um passeio imperdível.

Deixe aqui o seu comentário