Porque o Deserto do Atacama encanta e é um dos destinos mais desejados

Certamente você já ouviu falar no Deserto do Atacama, no Chile. Se ainda não conhece, então continue lendo esse texto para se encantar pelo lugar. Imenso e fascinante, é daqueles destinos para serem visitados pelo menos uma vez na vida. E por mais que você vá uma vez, pode ter certeza que vai ter vontade de voltar, já que a visão e a experiência vão te deixar lembranças inesquecíveis.

Deserto do Atacama 2 (pixabay)

O Atacama é o destino mais seco do planeta, com o deserto mais alto do mundo, tendo seu solo comparado ao de Marte, e com a chuva sendo uma raridade por lá. Motivos suficientes para dar vontade de conhecer esse destino.

Ande entre rochas de sal

Quem visita o Deserto do Atacama pode ir para o Salar de Atacama, que fica no interior da Reserva Nacional Los Flamencos. Lá você encontrará 320 mil hectares de um deserto formado por rochas de sal que rodeiam algumas lagoas e servem de habitat para três tipos de flamingos. Passeio imperdível no local.

:: Surf, cavernas e vulcões: a diversidade da Costa Rica

Tomar café da manhã entre alguns mini vulcões

Se é a sua primeira vez no local, não tem como não ficar encantado com esse passeio. Os Gêiseres de El Tatio precisam estar no seu roteiro. Esse tour começa obrigatoriamente às quatro da manhã, já que o trabalho das fumarolas dos gêiseres só pode ser visto bem cedo por causa do frio.

Esse campo geotérmico pode ser visto durante banhos em piscinas naturais de águas vulcânicas, em atividades que ocorrem logo depois do café da manhã servido no local. Bem interessante para ter um passeio totalmente diferenciado.

Você pode nadar sem afundar

Cerca de 4200 metros de altitude e escondidas no deserto ficam as lagoas altiplânicas, outra atração obrigatória. Miñiques e Miscanti são as mais populares, com tons azuis, que ficam pouco mais de 100 km de San Pedro. Mas perto do vilarejo fica Cejar, lagoa de água com alta concentração de sal, o que vai te permitir nadar no local sem afundar.

Cenários surreais o tempo todo

Para completar, o que você mais vai ver no Deserto do Atacama são cenários incríveis e surreais. Um exemplo é em Matancilla, região de pastores no norte de San Pedro, onde se encontra o Valle del Arco Iris. Trata-se de uma sequência incrível de rochas policromáticas, que ganharam tons avermelhados com a presença da argila.

Deserto do Atacama (pixabay)

O vento constante que bate nas paredes estreitas do vale também é responsável pelas Agujas de Atacama, outra formação que é pouco conhecida na região. É uma formação pétrea pontiaguda que colore a aridez do deserto.

Poucas pessoas chegam até ali. E alguns dos que chegam armam a mesa do almoço entre as montanhas coloridas e as pontas afiadas das rochas do vale.

:: No Equador, um passeio pela Avenida dos Vulcões a partir de Quito

É difícil não se encantar e não ter vontade de desbravar esse destino no Chile. Se você é aventureiro e quer conhecer um lugar simplesmente incrível, tem um prato cheio ao visitar o Deserto do Atacama.

Deixe aqui o seu comentário