Precisa dormir no aeroporto? Saiba se é uma boa opção

Com certeza se você viaja bastante, algum dia precisou ou pelo menos pensou na possibilidade de dormir dentro de um aeroporto. A ideia, em um primeiro momento, parece péssima.

Dormir sentado em cadeiras, ter dores na coluna ou mesmo nem conseguir dormir são alguns dos pensamentos que surgem. Mas, por economia, ou até necessidade e praticidade, muita gente acaba optando por isso.

sleeping airport

Pensando nisso, muitos aeroportos já estão oferecendo espécies de cabines, projetadas para o viajante guardar sua bagagem e descansar.

Um exemplo é em Dubai, no aeroporto de Abu Dhabi, que conta com estrutura com cama dobrável, tomadas e até acesso à internet. Para dormir, o valor não é tão barato: cerca de 48 Árabes Unidos Dirham, cerca de R$ 50 a hora. Mas se for para pouco tempo e não uma noite inteira, pode ser interessante.

O site Sleeping in Airports (SIA), guia desenvolvido por uma canadense para dar dicas para quem precisa passar horas dentro de um aeroporto, elegeu o aeroporto de Cingapura em uma pesquisa entre viajantes como o melhor do mundo para isso. Ele oferece salas de descanso, wi-fi, locais para guardar as bagagens, videogames e uma piscina (é necessário pagar para acessar). Tudo isso para o viajante aproveitar melhor o tempo de espera do próximo voo.

sleeping airport site
Foto: Divulgação/Sleeping in Airport

O site também dá dicas gerais para quem vai viajar de avião. Uma delas, é estar sempre preparado, caso seu voo seja cancelado. Assim, ter um travesseiro, alguma comida e protetores auriculares sempre ajudará para passar o tempo de forma mais confortável. Outra dica é de hotéis que ficam localizados próximos ao aeroporto.

Aeroportos brasileiros também oferecem estrutura

Quem acha que só fora do Brasil que é possível descansar enquanto espera o próximo voo está enganado. Algumas cidades contam com aeroportos que oferecem estrutura para o descanso dos passageiros, como Recife e Guarulhos, por exemplo. As áreas são operadas por empresas que prestam o serviço de hospedagem rápida.

sleeping

Em Recife há cabines particulares na sala de embarque. É o serviço Siesta Box, que conta com wi-fi e ar-condicionado. Os serviços são controlados eletronicamente e monitorados 24 horas, com ocupação de forma rotativa. A reserva pode ser feita pelo site.

Em um dos principais aeroportos do Brasil, não poderia ser diferente. Em Guarulhos, existe o serviço Fast Sleep, nas áreas nacional e internacional. São disponibilizadas cabines com beliche, banheiro, TV e internet, para que o viajante possa descansar enquanto espera seu voo.

fast slepp aeroporto guarulhos
Fast Sleep, em Guarulhos – Foto: Divulgação/Slaviero

A Infraero tem procurado melhorar as condições de conforto para quem viaja, mas por enquanto não são muitas opções disponíveis no país. Os preços realmente não são dos mais baratos. Em Recife é necessário desembolsar R$ 54,90 por uma hora de uso do local. Já em Guarulhos, o preço é a partir de R$ 75,00 a primeira hora.

:: Veja também: Vai morar fora? Descubra o custo de vida nas principais cidades do mundo

A tendência é que esse tipo de serviço comece a aparecer em cada vez mais aeroportos do Brasil e do mundo. Enquanto isso, tentar levar o que pode ser útil, como um travesseiro ou alimentação, pode facilitar a sua vida enquanto aguarda o próximo voo.

Em alguns aeroportos é possível se deitar nos próprios bancos, especialmente se eles não têm o apoio de braço. Mas isso vai depender do seu destino. Viajar está se tornando cada vez mais fácil. Agora é só aproveitar as facilidades enquanto viaja. Aproveite e veja sites e apps que ajudam a economizar e planejar sua viagem.

Deixe aqui o seu comentário