Que tal fazer turismo literário pelo Brasil?

Você já pensou em fazer uma viagem focada no turismo literário? Isso nada mais é do que um turismo focado em lugares relacionados às obras ou à vida de seus autores. No Brasil isso ainda é pouco popular, mas está ficando mais conhecido e atraindo viajantes em busca dessas viagens.

Inclusive, alguns circuitos para autores brasileiros já foram criados para quem procura esse tipo de viagem diferenciada. Nesse texto falaremos de três deles que já podem ser visitados.

Cidades baianas (Jorge Amado)

Salvador (pixabay)

Comemorando o centenário de Jorge Amado, em 2012 ocorreu a criação de um roteiro pelas cidades baianas de Ilhéus, Salvador e Mangue Seco em homenagem ao escritor.

A primeira cidade conta com a casa onde ele morou na infância, esculturas do escritor e um museu.

Na capital baiana você pode conhecer a casa em que ele vivem com sua segunda esposa e também terá acesso a documentos e cartas escritas por ele.

E na cidade litorânea de Mangue Seco é onde foi gravada a telenovela “Tieta do Agreste”, baseada na obra de Tieta, que também é uma opção interessante.

:: Chapada Diamantina, o destino baiano de tirar o fôlego

Sertão mineiro (Guimarães Rosa)

Em Minas Gerais você pode conhecer o Circuito Guimarães Rosa, criado em 2003 para vivenciar e apreciar o sertanejo.

O viajante poderá conhecer festas tradicionais mineiras, religiosas e populares, cavalgadas, passeios de barco pelo rio São Francisco e caminhadas literárias, onde pessoas vão narrando trechos das obras do autor mineiro.

Museus e capelas também fazem parte das atrações, além de algumas cidades para visitar, entre elas Cordisburgo, onde o autor nasceu. É a oportunidade de ter um contato com as condições climáticas que estão sempre presentes em retratos do sertão.

:: Um passeio pelas cidades históricas de Minas Gerais

Rio de Janeiro (Drummond, Bandeira, Machado e Barreto)

Drummond (google)

Na cidade maravilhosa você pode fazer passeios diferentes. Conhecer as estátuas de Carlos Drummond de Andrade na orla de Copacabana, Manuel Bandeira na frente da Academia Brasileira de Letras, Machado de Assis em seu interior e Lima Barreto no bairro boêmio da Lapa são as opções, em que figuram os principais escritores que compõem o roteiro denominado caminho das estátuas literárias.

A cidade do Rio de Janeiro foi palco de algumas de suas obras e acontecimentos em suas vidas particulares, o que proporciona a eles um grande relacionamento com a cidade.

:: Inspirado em Dom Quixote, viajante percorre a pé estados brasileiros distribuindo poesia

Esses são três dos roteiros de um tipo de turismo que está começando a ganhar força no Brasil. Com o passar do tempo mais oportunidades vão aparecer e conhecer um pouco mais de pessoas que ajudaram a fazer a história do nosso país com a literatura sempre será uma boa opção para quem procura um tipo de viagem que foge um pouco da tradicional.

Deixe aqui o seu comentário