Os primeiros passos para planejar seu intercâmbio de férias

Se você pensa em aproveitar seu tempo em algo produtivo durante as férias, saiba que fazer um intercâmbio é uma boa ideia. Uma viagem para um curso de especialização ou até mesmo bagagem para a vida pessoal nesse intercâmbio mais curto são bons motivos para você arrumar as malas e ir estudar em outro país.

:: Vou viajar! Preciso mesmo adquirir o seguro de viagem?

Para aproveitar essa oportunidade, algumas dicas são interessantes para essa decisão ser tomada com mais consciência e vamos falar um pouco delas nesse texto.

estudante

Que época você deve ir?

Essa pergunta pode ser a primeira que surgiu na sua cabeça. Passar festas de final de ano em outro país é uma ótima ideia, já que você conhecerá uma comemoração diferente e isso enriquece muito sua bagagem.

Mas para fazer algum curso e aproveitar para estudar, essa não é a melhor época. Além de se concentrar menos nos estudos, muitas escolas estão fechadas, o que impede de que você consiga estudar. É fundamental verificar os períodos letivos antes de viajar.

Claro que se você tem condições para passar o Natal e mesmo assim ficar mais um tempo para estudar depois, aproveite para exercitar uma segunda língua. Mas não são todos que conseguem. Se você tem como, vá em frente.

Onde ir e onde se hospedar?

Você deve pensar antes de decidir em qual lugar gostaria de conhecer e qual língua acha interessante aprender. Além disso, saber o tempo que quer ficar e quanto investir também podem te auxiliar a escolher o destino com mais facilidade.

Ir para a Austrália é uma boa opção para fugir da alta do dólar, por exemplo. Nesse caso ou de outros países do Hemisfério Sul, a vantagem é que será verão e você conseguirá aproveitar mais e conhecer mais lugares.

:: Tudo que você precisa saber sobre o serviço de reservas Duty Free

Já a questão de hospedagem vai depender de quanto você pode investir. Ficar em uma casa de família para quem faz intercâmbio é o mais comum, já que você também terá mais contato com os nativos daquela região.

Mas, algumas cidades oferecem opções de residências estudantis caso você queira algo diferente. Nesse caso é uma boa oportunidade de ter contato com outros estudantes.

Não esqueça do visto

Para muitos países, os brasileiros não precisam de visto se o tempo de permanência for menor do que três meses. Mas é necessário pesquisar com antecedência e não esquecer desse detalhe importantíssimo para a viagem. Consulte o regulamento no site da embaixada do país escolhido para ter certeza sobre isso.

E então, está pensando para onde viajar nas próximas férias e fazer intercâmbio? Faça um bom planejamento e se organize para ter uma boa viagem, aproveitar o destino, estudar e aprimorar outra língua. É uma ótima oportunidade.

Aproveite e conheça sites e apps que ajudam a economizar e planejar sua viagem.

Deixe aqui o seu comentário