Quênia encanta pelas belezas naturais e tenta se posicionar como destino turístico

Conhecido mundialmente como o país que tem atletas que sempre disputam competições de atletismo e maratonas, o Quênia guarda muitos pontos positivos, que fazem qualquer viajante pensar e ter vontade de ir para lá passar alguns dias conhecendo um pouco mais do país.

Sabores típicos, safáris, rituais, costumes tribais e também a miséria e a desigualdade social que ainda existem, e muito, pelo mundo fazem parte do cenário do Quênia. O país teve seu território disputado desde os tempos da Mombassa camoniana e foi domínio da coroa britânica até em 1963 se tornar independente.

Mesmo com o chá e o café como grandes produtos de exportação, os principais do país, o turismo é uma das maiores riquezas e que traz muito retorno para a população. Mas o que fazer exatamente no Quênia?

Atrações do país

O belo litoral com cerca de 500 quilômetros e as savanas, onde ficam as famosas reservas naturais, são dois pontos que levam muitos turistas para visitarem a localidade. Em parques como o Masai Mara e o Tsavo boa parte dos turistas chega em busca daquelas paisagens de tirar o fôlego, cheias de animais em constante movimento e cenas selvagens.

Não importa a época do ano, sempre serão encontrados durante os safáris leões, leopardos, elefantes, rinocerontes e búfalos. Os safáris do Quênia estão entre os melhores do mundo e alguns sites especializados até consideram como o melhor. Mas isso depende do ponto de vista de cada um.

Quênia 2 (pixabay)

 

Além desse tradicional passeio, você pode também visitar outros destinos populares. Entre eles o Lago Turkanda, de águas cristalinas e muita variedade de peixes, o Lago Nakuru e suas águas com pelicanos, flamingos cor de rosa e cegonhas e o Lago Naivasha, onde é possível observar hipopótamos, águias pescadoras e uma vegetação bem variada.

Outro ponto que torna o país bem conhecido e é um excelente atrativo é o Monte Quênia, a segunda maior montanha do continente africano. Aventureiros aproveitam o local para praticar trekking e escaladas.

Quênia (pixabay)

:: Como organizar um safári pela África

E claro que visitar a capital é uma boa opção. Nairóbi conta com seus problemas comuns e situações de uma cidade grande, já que conta com mais de três milhões de habitantes. Mas ao mesmo tempo tem boa infraestrutura, com os melhores bares, cafés, cinemas e restaurantes, além do artesanato local que merece ser visitado pelos turistas.

Caso tenha gostado das dicas e ficado com vontade de fazer uma viagem mais longa e cheia de atrativos, ir para o Quênia é uma boa ideia. Claro que ele tem seu lado negativo, já que a pobreza e desigualdade social infelizmente são fortes ainda no país.

:: Conheça o segundo maior cânion do mundo, que fica no continente africano

Mas ao mesmo tempo ele conta com diversas belezas naturais, praias e locais que certamente servirão como boas opções de lazer e entretenimento. Tire uns dias e visite o Quênia para conhecer um pouco mais do país, de sua cultura, conversar com os moradores e se solidarizar com os problemas que eles passam. A experiência será enriquecedora.

Deixe aqui o seu comentário