Uma viagem pela fascinante Rota 66, nos Estados Unidos

Quem é viajante ou gosta de ir para destinos diferentes sempre que possível com certeza já ouviu falar da Rota 66, nos Estados Unidos. Trata-se de uma rodovia norte-americana bem antiga, inaugurada em 1926, que liga Chicago, em Illinois, a Santa Mônica, na Califórnia. O nome já encanta e fascina. Mas toda a estrada, em seus 3755 km de extensão, também é interessante.

Rota 66 (pixabay)

A Rota 66 deixou de fazer parte do US Highway System, rede de autoestradas nacionais do país, em 1985, e com isso seu fluxo diminuiu, tornando-a deserta e abandonada. E por isso tão interessante e fascinante. Por causa de sua importância cultural e histórica, nos últimos tempos o movimento é cada vez maior na estrada cheia de charme.

Aproveitando e conhecendo a Rota

Quem quer se aventurar pela Rota 66 precisa ter um pouco de tempo para aproveitar mais a região e a estrada. Duas semanas pelo menos seria o tempo ideal para percorrer todo o trajeto com calma e conhecer os principais atrativos. Mas claro que isso depende de cada pessoa e do que você vai querer conhecer.

:: Maravilha que a natureza esculpiu, o Grand Canyon é o lugar que todo viajante precisa conhecer

Para fazer o trajeto vai depender do seu desejo. Você pode alugar um carro ou uma moto ou ir por agências de turismo que também fazem o trajeto. Tudo envolve custos, mas com agências tem a vantagem de poder curtir um pouco mais o local e conhecer mais até sobre as histórias dele.

Rota 66 2 (pixabay)

E lugares para visitar não faltam. Algumas das principais paisagens naturais dos Estados Unidos ficam nessa estrada. Entre elas estão o Grand Canyon, o rio Mississippi, o Deserto Pintado do Arizona e o Parque Nacional da Floresta Petrificada. Esses são só alguns exemplos interessantes do que você encontrará pelo caminho, além das praias do pacífico em Santa Mônica.

Lojas interessantes fazem parte do cenário

Para quem quer trazer uma lembrança desse lugar inesquecível, as clássicas lojas de artesanatos marcam presença forte na região. Joias de índios americanos são bem comuns nesses locais, assim como os sebos da Rota 66, que ajudam a contar a história dessa peculiar rodovia nos Estados Unidos. Livros de autores clássicos são vendidos nesses locais.

Há também o Ariston Café, em Litchfield, a Willis Tower, em Chicago e o Arco Gateway em St.Louis que são paradas obrigatórias para quem segue a rota.

Para dormir, a estrada é cheia de motéis e se hospedar neles será uma experiência única e bem interessante. Os letreiros dos motéis estão preservados da época original, pelo menos boa parte deles, e acabam dando um charme a mais para quem para no caminho para dormir.

:: Cidade verde no meio do deserto: esse é só um motivo para conhecer a Califórnia

Locais interessantes, além da visão de praticamente um deserto, são os atrativos da Rota 66. Sem dúvidas vale a pena conhecer e passar por toda ela se for possível. Se você gosta de aventura e de paisagens diferentes, não pode deixar de visitar a Rota 66, essa lendária estrada nos Estados Unidos.

Deixe aqui o seu comentário